O Seminário Nacional das Mulheres do UNMP em São Paulo já começou

Actualizado: 23 nov

O Seminário será realizado de 18 a 20 de novembro e discute a auto-organização, a garantia de direitos e combate à violência contra a mulher neste fim de semana.

Comunicado de imprensa de: União Nacional por Moradia Popular (UNMP) O evento contará com a presença de mulheres de movimentos de moradia de 13 estados brasileiros e militantes de outras nacionalidades; confirmada a presença de representantes do governo de transição, como Eleonora Menicucci, Evaniza Rodrigues e Inês Magalhães

São Paulo, 16 de novembro de 2022 – Organizado pela Secretaria de Mulheres da União Nacional por Moradia Popular (UNMP), acontece em São Paulo, nos dias 18, 19 e 20 de novembro, o Seminário Nacional das Mulheres, reunindo líderes de movimentos sociais de 12 Estados e, ainda, representantes da Argentina e Colômbia.

“O conhecimento de casos de violência contra as mulheres em casa, no campo e na cidade não é novidade para quem atua em defesa dos direitos. No entanto, o tema é ainda pouco conhecido, estudado e discutido com as próprias mulheres, seja na área urbana ou nas rurais, mantendo a invisibilidade desse problema social e dificultando sua inclusão nas políticas públicas”, afirma Graça Xavier, que integra a coordenação da UNMP e da Rede Mulher e Hábitat. “O momento dessa discussão não pode ser mais adiado. O momento é agora pois a moradia é a porta de entrada para todos os nossos direitos. ”

As mulheres da UNMP

A União Nacional por Moradia Popular atua na luta pelo direito a moradia há mais de 30 anos, através do trabalho com grupos de base nos bairros, ocupações e favelas, articulados em movimentos regionais e municipais, que por sua vez se organizam em âmbito estadual. Os estados possuem representação em uma Coordenação Nacional. O mesmo se dá com as mulheres, organizadas em Secretarias Estaduais e Nacional.

A Secretaria de Mulheres busca promover o acesso das mulheres à moradia digna e articular políticas para a efetivação de outros direitos, como segurança, saúde e educação. Neste contexto, a partir da ótica das mulheres que integram os movimentos de moradia, suas contribuições mediam a conquista de cidades mais justas e igualitárias.

Os motivos os quais estas mulheres dedicam horas de trabalho e deixam outras responsabilidades de lado para estarem em reuniões, debates, formações, ações de solidariedade e protestos é a própria experiência de vida, que as motiva a transformar suas realidades e a de seus pares. Não por acaso, a bandeira utilizada pela Secretaria Nacional de Mulheres da UNMP carrega a imagem de Ângela Davis, intelectual e ativista norte-americana conhecida mundialmente por sua luta anticapitalista, antirracista e feminista.

Programação

Contando com a presença de representantes do governo de transição e mais de 200 mulheres inscritas de todo o Brasil, a programação do evento ocorrerá em três fases:

Dia 18 de novembro, sexta-feira – APEOESP – Cerimônia de Abertura e Coquetel*

Horário: das 17h30 às 20h

Local: Praça da República, 282, Centro Histórico

*Credenciamento das delegações; mesa de abertura com as convidas para uma saudação; lançamento da Revista das Mulheres da União

Dia 19 de novembro, sábado – Câmara Municipal de São Paulo*

Horário: das 9h às 14h – Palestras e distribuição de Oficinas. Término programado para

Local: Salão nobre da Câmara – Viaduto Jacareí, 100, Bela Vista

*Manhã: mesa de análise da conjuntura nacional e internacional, e mesa ‘Garantia de direitos: auto-organização, garantia de direitos e combate à violência contra a mulher. Tarde: Oficinas: 1) Despejos e violência de gênero; 2) Moradia e regularização fundiária; 3) Relações de gênero e moradia (pós-ocupação); 4) Formação e acesso aos programas de habitação; 5) Comunicação e redes de proteção na política de gênero; 6) Raça e Gênero.

Dia 20 de novembro, domingo – Saída para visita a empreendimentos habitacionais auto gestionários

Horário: 9h

Local: a definir no sábado, com as mulheres presentes

SEMINARIO DE MULHERES DA UNMP - novembro
.pdf
Download PDF • 1.19MB


16 visualizaciones